domingo, 7 de setembro de 2014

Bolos Decorados - Cobra Pitão

Há um blogue especialmente dedicado a este tipo de bolo e em que a autora, Katrina, nos dá a conhecer como fez o seu bolo cobra pitão para os anos do filho com fotos que deixam qualquer um boquiaberto.



Demorou mais tempo do que ela previa mas acabou com um resultado melhor do que o esperado e foi um enorme sucesso com as crianças - assim vale a pena o esforço! Infelizmente não tirou tantas fotos como deveria mas dá para ter uma ideia.


Começou com dois aneis de um bolo de chocolate básico pesado e mal cozido. Usou o dobro da receita para o anel grande e uma receita para a volta mais pequena.




De seguida andou à procura de um prato ou base que fosse suficientemente grande para albergar a dita cobra com a forma de um oito que era a idade que o filho fazia. Acabou por arranjar um corte de árvore que serviu que nem uma luva, e que ainda deu um ar mais real à coisa.




Com algum cuidado a aparar criou a camada de 'base' da cobra com um grande anel e um mais pequeno, e foi fazendo pequenos furos a partir da cauda para trás com cobertura de chocolate para depois aplicar uma fina camada de pasta de açúcar.



A pasta de açúcar também permitiu armar a cauda para fora da base dando um ar ainda mais realista ao bicho.

Para fazer os sulcos ou a pele de cobra a Katrina usou um saco de cebolas mas como não resultou tão bem quanto esperava acabou por ir remexer na arrecadação e encontrou uma tampa de um ralo e foi com isso fez as escamas da cobra.

Para a cabeça usou waffers de chocolate "colados" com Nutella até ter um 'tijolo' delas que então moldou com uma faca afiada e cobriu com pasta de açúcar. Com um pau de espetada colocou a cabeça no ângulo correcto e deixou secar com uma cesta por baixo.





Na manhã seguinte pintou-a com corante alimentar básico que misturou num copo com cubos de gelo e um pouco de vodka. Aparentemente, seca mais rápido e ajuda a evitar crostas. Funcionou, e, em seguida, com um pincel menor e mais seco pintou os detalhes com uma cor mais escura. Demorou várias horas a pintar, mas foi tudo experimental e muito divertido!




Diz a Katrina que a parte mais divertida foi ver a reacção do filho e vê-lo comer a cobra!

Happy Baking!

Fonte: thesnakecake.wordpress.com

Sem comentários:

Enviar um comentário