quarta-feira, 23 de julho de 2014

Um doce de Mercado!


Desta vez fomos conhecer um doce mercado onde tudo é doce, da equipa, aos ingredientes e dos produtos finais nem se fala... tudo doce!

Quem está por trás do Mercado Doce?

Sou a Heloísa Ribeiro, investigadora científica em geologia.
Em geologia? Então como veio parar ao mundo dos bolos?
Os bolos, doces e docinhos fazem parte de mim desde criança! Sou uma doceira nata, adoro confeccionar doces! Entre família e amigos os meus bolos e doces estavam (e estão!) sempre presentes, e ao longo do tempo passou da simples presença da sobremesa para os todos os doces de festas completas! Neste percurso iniciei-me com a pasta de açúcar, o qual sofreu um interregno com o início da gravidez na qual passei a não tolerar os "cheiros doces"! Decorrido, mais ou menos um ano, voltei a testar, e comecei a fazer bolos com modelagens, num registo mais infantil, que convenceram amigos a familiares, que por sua vez me me convenceram a mim a publicar nas redes sociais.
Porquê o nome Mercado Doce?
Achei interessante pela antítese de conceitos, uma vez que pretendo uma linha cuidada e requintada na globalidade dos produtos Mercado Doce. Mas por outro lado, também pela simplicidade associada a um mercado onde se pode encontrar os bons sabores tradicionais do método caseiro, pelo qual também queremos ser reconhecidos.

Vão além dos bolos?

Sim, bolachas, cakepops, cupcakes e até chocolates!

Qual o pedido mais estranho que alguma vez lhe fizeram?

Até hoje, não tive nenhum pedido que considere mais estranho. O que por vezes ocorre, são pedidos que podem sair do registo que apresento, como por exemplo bolos mais comerciais, figuras de animação.

O que mais gostam de fazer nesta área?

Falando num bolo, todo ele deve ser uma experiência só, deve ser visualmente espectacular e igualmente delicioso. É exactamente isso que gosto de fazer, um bolo ao gosto de quem o vai comer e um acabamento repleto de detalhes mínimos.
Folhos, flores, texturas, pérolas ou rendas de açúcar (sugar veil) são decorações adoráveis de fazer!

Quais as maiores alegrias desta área de negócio?

É sempre bom, ver um rosto de satisfação quando recebe o seu bolo (ou outro docinho). Sentir e ouvir que surpreendemos e fomos de encontro ao desejado! Em suma, fazer um bom trabalho que desperte emoções e satisfaça o cliente.

Se tivesse que escolher um bolo especial dos que já fez, qual destacaria?

Apesar do portefólio ainda ser reduzido, pois a minha agenda é muito apertada e sobram poucos dias para o Mercado Doce, selecciono dois bolos que são exemplo da identidade do MD. Um completamente branco, com um laçarote e 175 "flores" minimalistas, e outro em branco e bege, com aplicação de renda de açúcar e uma atractiva flor.




Tem um instrumento preferido?

Muitos são essenciais, mas não dispenso os boleadores.

Na cozinha não passava sem...

Algo básico... um dos meus aventais perfeitamente limpo e engomado!
Algo essencial... o meu bom forno !



Obrigada Heloísa por nos receber no seu mercado!

Happy Baking!

Sem comentários:

Enviar um comentário