quinta-feira, 31 de julho de 2014

Mooki: o Prêt-a-porter das festas!


Entre novas marcas e novas presenças no mercado relacionado com os bolos e as festas, encontrámos a Mooki! Fomos saber mais...

Quem está por trás da Mooki?
Duas amigas de infância, Caroline e Patrícia ambas mães, que perceberam que havia uma lacuna enorme no mercado de produtos para festas de crianças e outros tipos de eventos. Tudo o que existe, é igual em vários sítios e com pouca liberdade na escolha e nas coordenações assim como no tipo de produtos. Determinado tipo de produtos nem se consegue encontrar, só encomendando em sites estrangeiros ou a certas empresas, mas sempre encarecendo os preços.Como chegaram até ao conceito Mooki e o que pretendem com a Mooki?
Chegamos ao conceito Mooki pela percepção e sensibilidade de vermos amigas e conhecidos desesperados com as festas dos filhos e que nunca conseguiam encontrar nada do que queriam, nem com o gosto que queriam. A P. já trabalhava na área de cake design e party styling e percebia que as pessoas ficavam sempre fascinadas com decorações que apresentava e que se queixavam de não encontrarem nada pronto daquele género tendo que recorrer sempre a um party Stylist.. Para além de que nem toda a gente tem tempo nem conhecimento, ou consegue explicar bem o que quer. Na Mooki é possível coordenar tantos produtos que duas festas do mesmo tema não têm que ficar obrigatoriamente iguais! E cada pessoa compra o que melhor se adapta à sua situação.

Porquê o nome Mooki?
Era um nome que já estava guardado por uma das mães do projecto por ser um nome fácil, internacional e divertido. Com ele nasceu o espírito Mookiza-te, que é no fundo um desafio a deixar-se contagiar pelo conceito.


Qual o pedido mais estranho que já fizeram à Mooki?
Até agora nenhum, talvez por a Mooki ainda ser um bebé, as pessoas adoram os artigos e cingem-se ao que temos para vender. No entanto, imaginamos que dentro de uns tempos tenhamos alguma situação mais caricata para contar.

O que mais gostam de fazer nesta área?
Sem dúvida a criação das colecções e o procurar os artigos que idealizamos ou que completam os nossos temas são desafios enormes que trazem uma sensação enorme de felicidade quando conseguimos exactamente o que pretendíamos. Fazemos muitos produtos cá, mas alguns também no estrangeiro, o que torna o processo mais complicado e muitas vezes temos que cruzar os dedos e rezar para o que chega na alfândega seja aquilo que pedimos!

Qual as maiores dificuldades que sentiram ao longo dos tempos?
Tivemos algumas, principalmente por ser um conceito novo, foi muito difícil arranjar fornecedores em Portugal. E percebemos com alguma tristeza que há empresas que não querem evoluir, ou seja fazem aquilo há 30 anos e se aparece um cliente que quer improvisar e em vez de balões lisos quer com estrelas ou carros, etc, não conseguimos. Tivemos que recorrer a fábricas lá fora para uma parte dos produtos, porque cá não tivemos a cooperação necessária. De resto toda a parte gráfica é feita cá.

Quais as maiores alegrias?
Para além do retorno que tem sido fantástico, adoramos quando nos mandam emails a dizer que as coisas são ainda mais giras ao vivo do que nas fotografias e a surpresa pela qualidade dos papéis utilizados, etc. Outra grande alegria tem sido as possibilidades que se têm aberto à exportação.

Se tivesse que escolher um tema especial dos que já fizeram, qual destacariam? e qual a história por trás desse tema?
Na verdade adoramos todos, mas há um tema que a mim P. me é muito querido por eu ser fã do livro e do filme, e toda a reflexão por detrás da história, que é o “Alice no País das Maravilhas”. Para os rapazes os Carros Vintage verde e azul deixam-me rendida pela suavidade das cores.

Têm uma ferramenta preferida?
O computador! É nele onde nascem todas as colecções Mooki.

E o produto que mais gostam de fazer?
Adoramos as nossas caixas com pega, fazem toda a diferença numa mesa e para oferecer os gifts não podiam ficar mais giras. Adaptam-se a imensas situações, desde oferecer bolachas a um familiar, aos típicos gifts das festas.

Nas vossas festas, nunca falta...
O que é preciso para aquela festa em concreto. Temos todo o tipo de artigos, cada pessoa compra o que na sua festa se encaixa melhor quer pelas comidas que serve, quer pelo espaço, quer pelo budget que tem. Mas há 2 coisas que nunca faltam, BOM GOSTO e CRIATIVIDADE!


O que diferencia a Mooki no mercado?
A Mooki é o primeiro Prêt-a-porter de festas para crianças, onde tudo é pensado ao pormenor. Há varias empresas que fazem decoração de festas, e outras que vendem artigos para festas, mas tudo marcas e onde as linhas não são adaptáveis. Naquela linha há 4 artigos, e as outras linhas já são de outros temas impossíveis de coordenar, ou seja, a minha festa daquele tema, vai ser igual à da minha vizinha se fizermos o mesmo tema. Na Mooki isto não é obrigatório, pois há sempre opções diferentes dentro do mesmo tema. 

Temos linhas de temas que coordenam com linhas de básicos. E por sua vez os básicos podem ser personalizados com etiquetas autocolantes, ou outro tipo de artigos que as próprias mães que gostam e têm jeito, podem fazer em casa. É um ode à criatividade com o objectivo de tornar mães, pais e carteiras, independentes de uma solução personalizada que encarece o serviço, ou da conhecida falta de tempo dos dias actuais. Também fazemos, se um cliente quiser, para um casamento ou baptizado 50 caixas com o nome da criança, ou Toppers com uma frase especial, etc., esse serviço existe na Mooki, mas o centro do nosso negócio é: “Tudo pronto e acessível a qualquer um”. Quem entrar na página da Mooki, seja no site ou no facebook, tem desde os pratos, os copos, as palhinhas, aos pormenores todos decorativos, passando pelas mascotes para animar, etc. É um conceito Inovador no sentido que todos os temas são Mooki, apenas os utilitários são comprados a fornecedores, e a variedade de artigos é ímpar com padrões totalmente exclusivos nossos.

Foi uma conversa muito divertida!
Obrigada Patrícia e Caroline!
Vamos acompanhando as vossas festas!



Divirtam-se!

Happy Baking!

Sem comentários:

Enviar um comentário