quinta-feira, 31 de julho de 2014

Isomalte! Os primeiros passos!

A Kara Buntin está por trás de alguns dos melhores vídeos na área do Cake Design e é uma ajuda preciosa para quem anda por estas artes, porque além de explicar muito bem cada passo, também responde e tira dúvidas a quem as coloca com muita simpatia e assertividade, indo quase sempre de encontro às expectativas de quem a procura. É muito acessível, e sente cada uma das dificuldades como sendo suas, não só porque reconhece que já passou por elas como, se nunca se passou, tenta colocar-se na posição de quem as tem e procura resolvê-las do princípio ao fim, cuidadosamente.

Uma ressalva, tudo se passa em inglês, mas com um grau de dificuldade não muito grande.

Sobre o Isomalte, e para quem nunca cozinhou isomalte nem o trabalhou aqui fica um video que explica tim-tim por tim-tim como o fazer desde o início.

Hoje em dia, há várias lojas que têm barras de isomalte pré-cozidas e pré-coloridas em que já não é preciso partir do básico. No entanto aqui fica o vídeo com o processo desde o seu início.

Agora que temos isomalte para fazer umas experiências, podemos começar pelos moldes de silicone para obter resultados impressionantes:



Por mais que pense que as suas mãos são resistentes ao calor e conseguem tocar bem no isomalte, não dispense nunca as luvas de latex, pois caso haja alguma dificuldade ou ataque de pânico, rapidamente as tira e não tem histórias mais complicadas para contar... ter um recipiente com água fria ao lado para arrefecer as mãos e molhar as mãos se sentir aquecer, também é boa ideia.

Escolha um molde de silicone daqueles que dá para fazer jóias em duas camadas, tipo pregadeiras, ou daqueles que se faz em duas partes e depois se junta, porque vai obter um resultado com mais impacto visual. Assim, quando verter o isomalte para o molde, não encha até acima, encha só uma parte, para que depois possa acrescentar uma outra cor.

Comece por derreter o isomalte previamente cozinhado conforme as instruções no caso de ser pré-cozido ou no micro-ondas num recipiente próprio. A Kara deu-nos uma dica boa: pode usar as formas de queques de silicone para servir de recipientes porque são bastante flexíveis, servem para doses pequenas, e no caso de sobrar, consegue desmoldar facilmente no fim , para guardar e voltar a usar.


Coloque a derreter no micro-ondas, assim que começar a fazer bolhas verifique se está derretido, pode retirar, porque não precisa de estar demasiado quente. TENHA MUITO CUIDADO a retirar porque pode queimar-se.


Com cuidado, deite o Isomalte no molde.


Deixe arrefecer.

Aqueça a segunda cor, que pode ser um dourado, por exemplo, mas qualquer cor que faça contraste com a primeira serve. Se o isomalte que tem é transparente, e quer adicionar cor, pode acrescentar corante em pó e misturar no isomalte derretido que resulta.



Com cuidado verta a segunda cor para o molde de silicone, até ao limite do molde. Deixe arrefecer sem mexer no molde para que não se misture. Depois de frio, desenforme.



Ficam fabulosos e já os pode colocar nos bolos!



O que restou do isomalte, nas forminhas de silicone, desenforme e guarde num saco para poder usar mais tarde.



Divirtam-se!

Happy Baking!

Fonte: A cake to Remember, LLC

Sem comentários:

Enviar um comentário