quinta-feira, 17 de julho de 2014

Encomendas falsas!

Infelizmente há vários casos de encomendas falsas no mundo dos bolos, e resolvemos denunciar algumas situações, pois todo o cuidado é pouco e mais vale precaverem-se antes do que terem o prejuízo e "chorarem sobre leite derramado".

Dos vários tipos de burla,(porque é de um crime que estamos a falar) existem umas mais elaboradas do que outras, mas quase todas têm em comum tratarem-se de encomendas grandes, ou muito trabalhosas, e quase sempre demasiado em cima da hora, com pouca antecedência, com inúmeras desculpas e algum tom de desespero para despertar comiseração do Cake Designer em questão e levá-lo a acreditar que se trata de uma encomenda importante, seja por razões sentimentais, seja por não haver mais nenhum Cake Designer disponível ou capaz de fazer aquele trabalho específico.


Se aqui em Portugal ainda são pouco sofisticadas em termos de meios, resumem-se essencialmente a falsas encomendas que ninguém aparece para levantar ou que mandam entregar no sítio errado, apenas para prejuízo do Cake Designer, nos EUA e no Canadá já a coisa é mais séria e as burlas visam essencialmente dinheiro. Como? bom, o esquema é rebuscado... fazem encomendas, pedem para pagar com cartão de crédito, e depois de enviarem o comprovativo do pagamento, e do Cake Designer receber o aviso do banco em como foi dada a ordem de pagamento, os burlões pagam normalmente um valor a mais, do que o indicado, e depois pedem o retorno do que enviaram a mais. Nessa altura, cancelam a ordem de pagamento inicial, provando que não corresponde à encomenda que fizeram, junto do banco e que foi um engano, e ao mesmo tempo recebem o valor que o Cake Designer devolve de boa-fé, por não ser devido. Além disso, ficam com os bolos sem destino e o prejuízo é normalmente elevado.

Mas voltando ao mercado nacional, não há nada que explique o comportamento destas pessoas que se entretêm a enganar e prejudicar o próximo, mas que as há, há. Algumas das que tivemos acesso, resultam de concorrência que não sabe conviver e que tenta prejudicar outros colegas, como se não houvesse mercado para todos, mas há também outras razões (se é que se pode racionalizar este tipo de comportamento) desde verdadeiro desespero e desorientação causado por dificuldades reais, a motivos passionais puros, como vingança, ódio, etc.

Como todo o cuidado é pouco, os conselhos que damos são:

Se não conhecem a pessoa que faz a encomenda, tentem chegar a falar com ela, mesmo que seja só via telefone, porque torna-se mais fácil aperceber-se caso se trate de uma brincadeira ou não (uma parte dos burlões fica por aqui e não pretende ser identificado).

Peçam sempre os dados pessoais para efeitos de encomenda: nome, morada, número de telefone e NIF.

Exijam um valor de adjudicação: que varia conforme o tipo de trabalho que vos é encomendado. Pode ser uma percentagem, mas pode também ser um valor de base abaixo do qual não vos compensa fazer o bolo.

Aguardem que o dinheiro da adjudicação dê entrada: seja por transferência bancária, seja em dinheiro, só avancem com a encomenda quando houver liquidez!

Para que este último passo seja possível, avisem nas páginas e sites, que há uma antecedência mínima de X dias. Já que terão que aguardar pelo dinheiro para começar a modelar e a deixar secar bonecos, por exemplo.

Toda a negociação deve ser confirmada por meio escrito para que possam ter prova documental da mesma.

Isto dito, há algo que todos podem fazer uns pelos outros: é divulgar as histórias de burla de que já foram vítimas, pois a partilha do conhecimento nesta área é essencial para que nos possamos defender-nos melhor.

Há pouco tempo no site A Cake To Remember, foi criada uma página em que vão sendo actualizadas as tentativas de burla, para que todos possam ter acesso. Caso queiram partilhar a vossa história, enviem-nos e-mail para info@cake.pt, que divulgamos apenas com os dados que pretenderem ver revelados.

Algumas histórias são caricatas e tão absurdas que há Cake Designers que já levam na brincadeira. Aqui ficam duas:

Casamento Feliz para toda a vida:Bom dia,
Eu gostaria de fazer um pedido para o meu casamento, queria um bolo de 4 andares para cerca de 250 convidados e eu quero o bolo todo decorado com rosas e o bolo deve ser coberto em pasta de açúcar, com flores feitas à mão. Coze o bolo já com a pasta de açúcar? bem, eu quero que ele venha embalado numa caixa com a inscrição “ Casamento feliz para toda a vida." Quero o bolo pronto para levantar no dia 18 de Junho. Informe-me se a data está disponível.

Resposta a 12 de Junho de 2012:Olá, Nancy,
Posso fazer, claro ... Mas não aconselho a escrever "Casamento feliz para toda a vida." no bolo, porque eu tinha um amigo que o fez e acabou em divórcio. Foi muito mau, ele enganou-a, ela bateu-lhe com um martelo quando descobriu. Apesar de totalmente merecido, foi presa de qualquer maneira.
Tive alguns amigos que se divorciaram... Tem certeza de que se quer casar? Porque é que não vai só viver com o seu noivo por um tempo e ver o que dá. Nunca se sabe.., ele pode deixá-la louca e querer matá-la ou bater.... Isso, provavelmente, quer dizer que não se deve casar. Assim, já fica a saber! Escusa de gastar no bolo...e na festa!

*****

Encomenda 500 cupcakes:Olá, Bom dia sou o Joe Kelly e estou a organizar uma festa particular para a qual gostaria de saber se tem bolos de sabor a baunilha e se aceita cartão de crédito como forma de pagamento.
Queria saber o preço de 500 cupcakes......
Queria também que me desse a sua morada para mandar alguém levantar os cupcakes
Preciso da resposta o mais rápido possível para organizar o evento.
Obrigado
Cumprimentos

Resposta:Olá Joe,
Que tipo de evento é a sua festa? Posso fazer cupcakes para aniversários de meninas, mas não para rapazes porque a minha religião me impede de cozinhar para rapazes. Sou uma Pastafariana e seguimos as regras de Fettucine.

O Burlão insiste:Lamento muito a resposta tardia pode ligar-me para o telemóvel XXXXXXXX ou por sms para podermos combinar melhor

Resposta:Peço imensa desculpa, mas sou incapaz de falar por causa de um acidente com uma estaca para empilhar os bolos muito afiada. Não tente engolir uma coisa dessas, nunca! Desde que o fiz que não posso falar pelo que uso o e-mail para comunicar. Em qualquer caso o meu Pastafarianismo proíbe-me de usar o telefone, é uma das nossas grandes verdades. Algumas pessoas tentam contornar a regra e usam um telefone fixo, mas eu tento manter as leis da Pasta e procuro não usar um telefone de todo. Quando não se pode falar, torna-se mais fácil, também.
É uma festa para uma menina? Não quero desperdiçar o seu tempo caso os cupcakes sejam para um rapaz. Se é para uma menina, está bem.

O Burlão volta à carga:Sim, é para a menina. Estou prestes a realizar uma cirurgia a uma orelha nos próximos 3 dias e o meu médico disse-me para não usar o telefone, por agora, pelo que só podemos comunicar por e-mail.
Diga-me qual o custo total, para que eu possa pagar com o meu cartão de crédito agora e depois irá uma transportadora privada levantar, uma vez que não permitem empresas de fora do catering entrar no sítio onde o evento se realiza. queria ainda que me desse a sua morada para que a possa passar à transportadora uma vez que eu não o poderei fazer, devido à minha deficiência, sou deficiente auditivo e irei ser submetido a uma cirurgia no prazo de 5 dias. Por isso peço-lhe o favor de como o serviço de transporte não tem acesso à autorização de cartão de crédito e se me puder ajudar, eu envio os $750 pelo agente transportador privado em dinheiro (via Western Union transferência de dinheiro para receber o dinheiro e para que eles sejam capazes de vir para levantar os cupcakes)
Obrigado

Resposta:Onde será a sua festa? Conheço a maioria das pessoas na cidade e aposto que me deixariam entregar os cupcakes directamente. Há maneiras de contornar a regra dos fornecedores externos permitidos, apenas tem que conhecer as pessoas certas.

(Parou de responder depois disso ... Acho que estava cansado depois de escrever uma frase tão longa!)

Em Portugal foi notícia um burlão que fez reserva em vários restaurantes na Nazaré para o mesmo dia, encomendou almoços e jantaradas de luxo, com marisco e produtos do mar, com o pretexto de celebrar aniversários, despedidas de solteiro e encontros de arquitectos, tudo na mesma altura. Fez os proprietários de restaurantes da Nazaré gastar centenas de euros e no fim não apareceu nem pagou as contas.

Cuidado!

Happy Baking!

Fontes: Jornal das Caldas, A Cake To Remember

Sem comentários:

Enviar um comentário