quinta-feira, 10 de julho de 2014

Assim não pode ser!


Num artigo em que andámos a visitar as páginas dos artistas portugueses e estrangeiros para publicarmos imagens para um post, na qual identificámos os vários artistas nas obras que escolhemos para ilustrar a variedade e a qualidade dos bolos que surgem. Houve imagens que não eram dos artistas que identificámos!


Poderia ter havido um erro da nossa parte, é possível, é algo que acontece, e seria fácil de corrigir. 

Mas não! 

Voltámos a pesquisar, porque recebemos uma denúncia na qual nos foram enviadas as imagens originais dos bolos em causa e, de facto, verificou-se que eram as mesmas fotografias, só que em páginas diferentes: umas nacionais e outras estrangeiras, umas recentes e outras mais antigas.
Isto não pode acontecer!

Não se tratou de copiar bolos de outros artistas, não se tratou de se inspirarem noutras criações, não!, 

Nada disso!

Tratou-se de apropriação das fotos dos outros como se fossem suas!
Sabemos que há muitas marcas e artistas que dão sugestões nas suas páginas para que os eventuais clientes se inspirem, ou na esperança que lhes peçam bolos com aqueles traços, e, desde que devidamente identificados, não há grande mal nisso. 

Há artistas mais recentes no mercado, que por terem um portefólio menor, adicionam imagens de outros artistas aos seus álbuns, mas identificam e esclarecem, quem é o autor do bolo. Esta situação já pode gerar mais confusão, mas ainda é aceitável. 

O que não é aceitável é a apropriação de fotos como suas, de bolos de outrem, como seus. Este acto é roubo!

Ilude os clientes, e leva a situações muito desagradáveis como a que ocorreu ontem, que são geradoras de um clima de desconfiança, de denúncia entre pares, o que é prejudicial não só para o próprio como para todos os artistas em geral: um cliente a quem acontece isto uma vez, tende a generalizar e por um prevaricador pagam todos os outros.
Mais vale menos bolos e menos imagens, mas boas imagens! Por dentro e por fora: que sejam boas fotografias, mas sobretudo que sejam legítimas!
Ora, os artistas portugueses são muito melhores do que isso! Capazes de muito mais do que só as imagens e os bolos dos outros!
Não vale a pena revelar nem as imagens que foram nem o artista em causa, pois sabemos que são coisas que acontecem (mais do que seria de esperar) sem que por vezes se apercebam da gravidade do acto. Mas fica o alerta! Por muitas imagens que haja a circular na internet, há também muitos olhos e muitas pessoas atentas ao que se passa. Para o bem de todos, evitem este tipo de actuação!



Querem-se bons artistas: mas não conta só a quantidade de diplomas ou certificados, nem tão pouco a quantidade de clientes, que é muito importante para todos, conta e muito os bons colegas, os clientes satisfeitos e as pessoas boas, que são o que de melhor se leva da profissão!
Dito isto, somos da opinião que os artistas portugueses, Cake Designers, chocolatiers, sugar artists, são muito bons! E até os estrangeiros confirmam! Com os recursos de que dispomos, com o mercado que temos, com a situação económica por que passamos, com o tempo que esta arte tem no nosso país, é admirável o percurso que já fizemos, o que inovámos, e o que já adquirimos e o quanto criámos! Dos mais pequenos aos maiores, dos menos conhecidos aos mais conhecidos, dos que menos vendem aos que mais vendem, todos têm percursos extraordinários! Não deixemos por isso que se caia no que de menos bom o mercado pode oferecer!
Divirtam-se!
Happy Baking!
Nota: As imagens em causa foram imediatamente retiradas após a confirmação de que não pertenciam ao artista que as tinha publicado como suas. Todas as outras permaneceram.

Sem comentários:

Enviar um comentário